Home > Sobre a Arval > Notícias e Insights > 2019 Fleet Barometer Europe

2019 Fleet Barometer Europe

2019 Fleet Barometer Europe

Quarta, Junho 12, 2019
Barometro Europeu

Partilhamos consigo os resultados do Barómetro Europeu de Frota do Arval Mobility Observatory, estudo anual sobre mobilidade e gestão de frotas nas empresas com total independência na recolha e tratamento de dados elaborada pelo Instituto CSA - Consumer Science & Analytics. Realizado em 12 países (Bélgica, República Tcheca, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Holanda, Polônia, Portugal, Espanha, Suíça, Luxemburgo), reúne os resultados de 3.541 entrevistas com gestores de frota de pequenas a grandes empresas dos principais setores de atividade e levanta algumas tendências interessantes e desafiadoras para o futuro das frotas corporativas em termos de mobilidade e novas tecnologias.

O Barómetro Europeu de Frota é um estudo anual dos comportamentos de compra de frota, intenções de compra e evolução da mobilidade entre os gestores de frota europeus.

 

Principais Conclusões

Os Gestores de Frotas continuam otimistas em relação ao potencial de crescimento das suas frotas automóvel em todos os segmentos de empresas, sendo os mais otimistas, os das Grandes Empresas. Apesar de otimista, Portugal encontra-se no grupo de países menos otimista juntamente com Espanha e Itália.

Medidas Fiscais impulsionam o desenvolvimento de energias alternativas, e a adoção de viaturas híbridas elétricas, híbridas e plug-in em empresas com 100 ou mais colaboradores. Mais de 50% dessas empresas, reportou que já têm, ou pretendem integrar viaturas de energia alternativa na sua frota nos próximos 3 anos. Portugal encontra-se no grupo de países que têm os testes WLTP em maior consideração, juntamente com Holanda, França, Polónia e Suíça.

O Renting (aluguer operacional), solução largamente adotada pelas grandes empresas, está a crescer também nas pequenas e médias empresas. As grandes empresas perceberam que o Renting vai de encontro às suas expectativas de gestão de frota - quase metade (47%) das empresas com mais de 100 colaboradores, usa o Renting como a sua principal solução de financiamento da sua frota automóvel. Todos os segmentos de empresas registraram um aumento no peso do Renting: + 5 pontos percentuais nos últimos 4 anos. Espera-se que essa tendência continue nos próximos anos.

As ferramentas de telemática estão lentamente a ser implementadas num contexto de implantação do GDPR. No início de 2019, houve um ligeiro aumento na telemática de +2 pontos percentuais em comparação a 2018: 21% das empresas europeias reportaram usar ferramentas de telemática. Essa proporção sobe para 32% entre empresas muito grandes. As ferramentas telemáticas são usadas com mais frequência em viaturas comerciais ligeiras do que nas restantes categorias (23% versus 18%). As três principais funções atribuídas às ferramentas de telemática são a localização do veículo, a otimização de custos e o incremento da segurança do motorista. Portugal encontra-se no grupo de países onde a telemática está bem estabelecida e que se tem desenvolvido mais rapidamente em comparação a 2018, juntamente com a Republica Checa e Espanha.

As soluções alternativas de mobilidade são uma tendência de futuro. Nalguns países, já existem no mercado pacotes de oferta robustos e amadurecidos por parte de empresas de Renting ou prestadores de serviços no setor de mobilidade em quanto noutros é inexistente. Estamos a falar de soluções de “car sharing” e “ride sharing” que estão a começar a ser implantadas ou estão em processo de implantação nos próximos três anos, que podem vir a permitir a substituição de uma boa percentagem das viaturas de frota nas grandes empresas. Portugal encontra-se no grupo de países onde a penetração dessas soluções é ainda muito limitada e em que a as empresas não demonstram grande curiosidade em particular para esse tipo de pacote de soluções, juntamente com Itália, República Checa, Polónia e Espanha.

Aceda aqui ao estudo completo.